Como escolher tons e tipos de madeira para móveis

A madeira pode criar um ambiente elegante e charmoso, além de trazer uma sensação de conforto. Além disso, combinar diferentes tons e tipos de madeira para móveis pode ser um bom caminho para uma decoração estilosa e sofisticada.

Aqui, no entanto, surge a dúvida de como fazer essas combinações de forma harmônica. A madeira pode estar presente no piso, nos móveis ou nas paredes, mas é preciso saber coordenar todos esses elementos.

Cores similares

O caminho mais fácil é criar um “tom sobre tom”. Você pode fazer isso entre os próprios elementos de madeira, mas também pode utilizar outros móveis e objetos.

Decoração com tons neutros

Se você tem alguns móveis de madeira escura,  como na imagem abaixo, pode trabalhar o restante da decoração com tons neutros. Isso dá destaque à madeira, e confere elegância ao ambiente.

Madeira com outros materiais

Você pode combinar a madeira com outros materiais, como por exemplo móveis em laca, ou elementos de pedra. Na imagem abaixo, a lareira com acabamento em pedra e os elementos em madeira rústica, dão um ar mais bucólico ao ambiente.

Tapetes

Quando se utilizam diferentes tipos e tons de madeira em um mesmo ambiente, o tapete pode ser um bom aliado na harmonização. Escolha as cores do tapete de acordo com os tons de madeira do ambiente, para que ele faça a transição entre eles.

Móveis de madeira

Além dos pisos, outro grande atrativo está nos móveis, como mesas de madeira, cadeiras, estantes, mesas de centro, etc. Escolher alguns móveis com a mesma madeira pode ajudar bastante na decoração do ambiente.

A Mesa de Jantar Loft pode ser encontrada em três diferentes tons de madeira.

Tipos de madeira

Existem diversos tipos de madeira, mas podemos dividi-los principalmente em madeira maciça e MDF.

A maciça é a madeira em seu estado mais puro, e por isso é a mais resistente e durável. Ela apresenta um aspecto forte, e você pode lembrar dela dos móveis da casa dos avós – clássicos e resistentes.

Existe também a madeira de demolição, quando a madeira maciça é extraída de peças antigas e renovada para a montagem de uma nova peça.

Já o MDF (Medium Density Fiberboard ou Placa de Fibra de Média Densidade) é a opção mais sustentável de madeira, e tem sido bastante utilizada no design de móveis. O MDF une fibra de madeira, aditivos e resina sintética.

Outra vantagem do MDF é a variedade de acabamentos, podendo ser brilhante, fosco, amadeirado, metálico ou texturizado. É menos resistente do que a madeira maciça, mas o custo também é consideravelmente menor.

A dica final é não ter medo de combinar diferentes tipos de madeira para mesas e outros móveis, além de pisos e paredes. Você não precisa aposentar aquele móvel antigo de madeira maciça para dar lugar aos novos móveis de MDF.

Sabendo harmonizar e usar outros elementos da decoração para isso, você conseguirá o efeito ideal.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *