Cores na decoração

As cores podem fazer toda a diferença em um ambiente, seja nas paredes, nos móveis ou nos objetos. No entanto, combinar cores na decoração pode ser uma tarefa difícil. É importante pensar em aspectos como o tipo de ambiente, o significado das cores, as combinações entre elas e o nosso gosto pessoal. Confira agora algumas dicas que vão facilitar esse trabalho!

A Roda das Cores

Você lembra da Roda das Cores? Trata-se de um esquema que ajuda a entender quais cores essenciais se complementam, e de que forma.

  • Cores primárias: Vermelho, azul e amarelo, que dão origem às demais cores.
  • Cores secundárias: Laranja, roxo e verde, que surgem da mistura de duas cores primárias.
  • Cores terciárias: São os demais tons, que surgem da mistura de cores primárias com secundárias.

Seguindo esse esquema, fica mais fácil trabalhar a paleta de cores na decoração.

Temperatura

Na Roda das Cores, os tons de vermelho, laranja e amarelo são consideradas cores quentes. Já os tons de violeta, azul e verde são cores frias.

Fonte: HouseBeautiful

As cores quentes tornam o ambiente mais vibrante e acolhedor, enquanto as frias podem torná-lo mais relaxante.

Cores neutras

Você pode criar versões mais neutras de todas essas cores da seguinte forma:

  • Clareamento: Adiciona-se branco;
  • Sombra: Adiciona-se preto;
  • Saturação: Adiciona-se cinza.
Fonte: HouseBeautiful

Cores Complementares

Cores complementares são todos os pares em lados opostos da Roda das Cores, como amarelo e roxo ou verde e vermelho. É interessante utilizar esses pares na decoração, mas sempre com moderação e combinando-os com cores neutras.

  • Alternativa: Cores complementares decompostas

Se você se sente inseguro em utilizar cores tão contrastantes na decoração, uma alternativa interessante é utilizar as complementares decompostas. Você escolhe uma cor principal na Roda das Cores, e escolhe um tom à direita ou à esquerda de seu oposto.

Se você escolheu o azul claro, por exemplo, pode complementar com um tom mais avermelhado, ou com um laranja mais claro.

Esquemas de cores

  • Monocromático

No esquema de cores monocromáticas, você escolhe apenas uma cor e trabalha com diferentes tons.

  • Análogo

No esquema de cores análogas, você trabalha com três cores em sequência na Roda das Cores. Você pode, por exemplo, utilizar o azul, o roxo e o vermelho. Lembre-se sempre de escolher uma dominante e trabalhar as demais em proporções menores para dar equilíbrio.

Fonte: HGTV
  • Tríade

Utilizam-se três cores que se encontrem à mesma distância umas das outras na Roda das Cores. É o caso das cores primárias (amarelo, azul e vermelho), por exemplo, ou das cores secundárias (verde, laranja e roxo).

Essa combinação gera um resultado bastante vibrante, e deve ser trabalhada em cômodos que peçam essa característica.

Fonte: HGTV

Cores, efeitos e significados

  • Vermelho

O vermelho se relaciona com coragem, poder e vitalidade.

Fonte: HGTV
  • Laranja

O laranja é uma cor vibrante, que nos transmite mais confiança e energia.

Fonte: HGTV
  • Amarelo

Também é uma cor vibrante e alegre, que se relaciona ao sentido de felicidade.

Fonte: HouseBeautiful
  • Azul

O azul é uma cor mais relaxante, que transmite harmonia e calma.

Fonte: HouseBeautiful
  • Violeta

É uma cor que tranquiliza e traz equilíbrio emocional. Por vezes também é relacionada a um sentido espiritual.

Fonte: Revista Casa e Jardim
  • Verde

O verde é a cor que mais se relaciona com a natureza, e por isso nos transmite sensações de paz e conforto.

Fonte: HGTV

Equilíbrio

Depois dessas dicas, o importante é saber equilibrar e harmonizar as cores não somente entre sim, mas também com o próprio ambiente. Combinando cores na decoração, devemos considerar o tamanho do ambiente, a iluminação e o estilo da mobília, por exemplo.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *